Quarto de Bebê Montessoriano

A importância do tapete para bebê no quarto montessoriano

A importância do tapete para bebê no quarto montessoriano
Avalie esse Post

Você conhece o quarto montessoriano? Sabe os benefícios que ele traz a seus pequenos? Trata-se de uma das ramificações da pedagogia de Maria Montessori (1870-1952) – uma mulher que revolucionou o mundo da educação. Em uma época onde o destino certo das mulheres era o casamento e a maternidade, Montessori foi a primeira italiana a se formar em medicina. Ela se especializou em psiquiatria e estudou profundamente a mente humana. Acabou por direcionar sua carreira no ramo da educação: todos nascemos com a capacidade de ensinar a nós mesmos. Esta pedagogia é popular até hoje: há escolas que a seguem no mundo todo. Curiosamente, os fundadores do Google e da Amazon estudaram em instituições com esta filosofia. Coincidência?

O Quarto Montessoriano

O quarto montessoriano preza pelo estímulo à curiosidade e à descoberta desde a primeira infância do indivíduo. Isso porque a ciência já constatou que a criança acumula percepções do espaço, mesmo que inconscientemente, desde o nascimento. Maria Montessori defendia que os móveis do quarto, da cama às estantes, deveriam ser sempre baixos, ao alcance da criança, para que ela explorasse à vontade. A cama no chão é a peça primordial de quem adota esta filosofia, pois a criança não fica restrita ao berço.

Quarto Montessoriano

Tapete para Bebê no Quarto Montessoriano

Como a criança fica livre para explorar, os tapetes infantis são muito importantes no quarto montessoriano, tanto como isolante térmico quanto para amortecer quedas. Coloque uma peça grande embaixo da cama para que ela fique mais quente e não se machuque caso caia do colchão.

O tapete para bebê deve ser macio, hipoalergênico e antiderrapante. Dê preferência aos tapetes estampados ou com cores suaves, para estimular a criança. Mas cuidado para não usar cores fortes demais e dar um ar de brinquedoteca ao quarto! Além de funcionar como proteção e item decorativo, o tapete para bebê funciona como um delimitador da área de brincar da criança. Você também pode revestir o chão do cômodo por inteiro investindo na sobreposição!

Muitas vezes, pais e mães optam pelos tapetes infantis de EVA, que podem ser montados e desmontados. Por mais que a peça seja vendida como para crianças, ela não é a opção mais segura para seus pequenos. Os tapetes infantis de EVA têm substâncias potencialmente tóxicas em sua composição, fato que fez com que alguns países restringissem sua venda. Além disso, a maior parte dos modelos é desmontável e tem peças pequenas que podem ser engolidas. Mesmo que não seja o caso da sua peça, o material não é resistente e pode ser facilmente rasgado.

Assim, prefira um tapete para bebê de tecido ou as peças vinílicas. Além de seguras, estas opções são duráveis: seu filho poderá contar com ele por alguns anos!

 

Você também poderá gostar:

>> DIY – Decoração de Quarto Infantil!

>> Tapetes vs Alergias

Posted in #DicasCasaBrasil, Infantil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *